quarta-feira, 2 de junho de 2021

Como revelar a essência da sua história através da capa


As primeiras capas surgiram com o objetivo único de proteger as páginas manuscritas ou impressas de maneira árdua, e as encadernações eram feitas em couro ou papel velino.
Em 1935, a editora Penguin revolucionou o mercado editorial com a criação do livro de bolso, onde suas capas eram simples e elegantes, sendo coloridas, onde sua variação era de acordo com o assunto (laranja para a ficção, azul para a biografia, verde para o crime) com linhas horizontais brancas.  Esta iniciativa tornou os livros mais acessíveis à população, e foi aí que as capas realmente começaram a fazer sucesso.

A capa é o primeiro contato que o leitor terá com a história, do ponto de vista comercial ela tem o poder de despertar a vontade de comprar a obra, assim como ela também desperta a curiosidade de iniciar a leitura para desvendar o que a história conta, ela faz com que o livro se encaixe e ao mesmo tempo se destaque dos demais de seu gênero. Em resumo a capa do livro é uma embalagem, um pedido de atenção e uma promessa.

Já ensinamos aqui no blog e em nosso canal a como fazer uma capa de livro, e também listamos alguns tipos de capa que podem ajudar na escolha do estilo perfeito para você. Hoje traremos novas formas de definir os elementos da capa de seu livro de acordo com a história que você contará em sua obra.

Normalmente a capa coloca o livro em um contexto que o leitor já conhece, por exemplo, os livros de fantasia costumam apresentar alguns elementos como gnomos, elfos, cavalos, espadas, cabelos soltos, névoa, dragões, magos, feiticeiras e/ou algum tipo de tipografia medievalista. Elementos como os mencionados costumam aparecer na maioria das obras deste gênero, fazendo com que fãs as reconheçam logo de cara.





Com base nisso, realize uma busca em obras do mesmo gênero de sua história, observe os elementos em comum e tente trazer para a capa do seu livro “pistas” ao leitor, assim você pode conseguir chamar sua atenção e despertar o interesse dele de ler sua obra.

A ilustradora alemã Silja Götz ao longo de sua carreira identificou algumas soluções de design recorrentes nas capas de livros ao redor do mundo, que funcionam como fórmulas mágicas, são elas: 

Siga o herói


A ilustradora colocou nesta categoria as capas que normalmente apresentam uma pessoa de costas, ela notou que este recurso é comumente usado em romances jovens adultos (YA) ou em livros de aventura. Capas dessa categoria nos despertam a curiosidade, pois queremos descobrir qual será a jornada do personagem exibido na capa.

Um exemplo clássico para esta categoria, é aquela capa que apresenta uma grande paisagem com um personagem de costas indo em direção ao desconhecido. Sua figura é minúscula bem no meio da imagem e não conseguimos ver seu rosto, ao olhar para capas com esses elementos temos a sensação de que o personagem irá percorrer um longo caminho e nos convida para descobrir qual será, ou seja, desperta nossa curiosidade para acompanhar a jornada do herói. 






Silhueta


Não há somente um gênero literário ao qual se limite a estratégia de se utilizar uma silhueta na capa, mas uma dica que Silja dá quando se utiliza desse recurso é de sempre colocar a silhueta em um ângulo de 90 graus.

Você pode optar por usar apenas uma silhueta simples combinada com o título do seu livro ou incrementá-la com elementos que remetam a história, como por exemplo, paisagens, outras pessoas e objetos.





Tudo em ordem


Assim como a estratégia da silhueta, “Tudo em ordem” não se limita a somente um gênero literário, nessa técnica o importante é que a distribuição dos elementos da capa seja realizada de maneira uniforme.



Guirlandas


Capas que apresentam o título de maneira emoldura, normalmente por flores, enquadram-se nessa estratégia, ela pode conter quase tudo, pessoas, edifícios, animais... O importante aqui é sempre manter a simetria. 




Você pode ter notado que algumas capas utilizam mais de uma das técnicas listadas por Götz,  isso nos lembra que essas fórmulas servem para ajudar a dar um norte como não sabemos por onde começar. Independente da sua escolha, algo que sempre funciona é optar por uma composição com grande estilo! Então, saia da sua zona de conforto e explore as possibilidades. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Projeto Escrita Criativa!
Deixe o seu comentário e interaja conosco. ;)

Follow Us @soratemplates